Pular para o conteúdo principal

Kart: Mudança de hábitos

Única mulher a competir no ES, Hanna Kelly Leite muda hábitos alimentares para tornar-se competitiva.
  A jovem Hanna Kelly Leite de 18 anos começou no kart em 2011 por influência do pai que já era piloto; até aí nenhuma novidade a não ser por se tratar de uma mulher, porém atualmente isso também não é nada muito diferente.
Obesa assumida durante toda a infância e adolescência, a jovem afirma que não se importava com a aparência, uma vez que saia-se muito bem em todos os esportes que disputava, e dessa forma não encontrava motivos para manter uma alimentação saudável e realizar exercícios físicos regulares.
Em 2012 a jovem terminou o campeonato na 4ª colocação em uma categoria onde piloto e kart deveriam pesar no mínio 187kg: “Tinham que colocar lastro no meu kart para dar o peso mínimo”, lembra a piloto.
No ano seguinte o pai de Hanna decidiu inscrevê-la em uma categoria diferente, onde os karts eram mais rápidos e os demais pilotos participavam de provas desde os 6 anos de idade: “As corridas eram compostas por 25 voltas, e na 5ª eu já estava ofegante. Não aguentava mais fazer as curvas nem segurar os 155kg (kart + piloto) a 150km/h no final da reta. Eu era a pior atleta, a menos competitiva e ainda passava 15kg do peso mínimo da categoria”, explicou.
Como no kart o fator peso é muito importante, Hanna começou a sentir que precisaria fazer algo para tornar-se competitiva: “A cada 5kg a mais são basicamente 2 décimos que estamos atrás dos concorrentes, ou seja, a cada vez que eu entrava na pista eu já estava a mais de meio segundo atrás dos meus adversários, o que fazia uma diferença enorme”, e foi então que a jovem decidiu perder peso por um fato muito simples: “Estou gorda, preciso emagrecer, mas não porque eu tenho que entrar em um short 38, mas porque eu preciso ser a melhor, preciso ganhar corrida, preciso andar na frente”.
A partir daí ela mudou os hábitos alimentares, começou a fazer musculação e muay thai, além de correr 15 km todos os dias. Em cinco meses havia secado 10 kg, hoje está 17 kg mais magra em relação a janeiro de 2013.
Hoje os problemas são outros, mais comuns a qualquer piloto: a falta de patrocínio. E este ano estou tendo dificuldade para realizar o campeonato estadual pela falta de patrocínio, mas estou tentando mudar este quadro esperando respostas do marketing de algumas empresas para que eu tenha um apoio para fazer o campeonato estadual, brasileiro, Copa do Brasil e Copa das Federações (já que eu já conquistei minha vaga).
Nascida em Cachoeiro de Itapemirim no Espirito Santo, Hanna viaja mais de 200 km para ir e 200 km para voltar de Serra, local onde está a única pista do estado. Em 2012 a jovem terminou a temporada em 4º lugar em um grid com mais de 30 pilotos, mesmo posição que terminou a temporada 2013 na categoria Sprinter do estadual.
Para quem mudou todo um estilo de vida em busca de resultados, alguém ainda duvida do que essa mulher é capaz?

Vitor Garcia
Imagens Arquivo Pessoal da Piloto

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Risco de deslizamento e interdição de Ruas em Palmeirina-PE

Palmeirina está em estado de alerta devido às intensas chuvas que ocorrem na região desde o mês de maio. A Rua Frei Caneca foi a mais afetada, sendo obrigatoriamente interditada e desocupada pela Defesa Civil do estado no intuito de preservar a integridade física dos moradores. A prefeitura da cidade está monitorando os pontos mais críticos e tomando as devidas providências junto àCodecipe – Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco, Corpo de Bombeiros e a equipe do Governo Municipal, várias casas estão danificadas e já houve caso de queda de uma das residências. O prefeito da cidade, Marcelo Neves, tranquilizou a população e pediu para que fiquem atentos, o solo da área afetada de acordo ao engenheiro do governo municipal e a Codecipe está totalmente solto podendo haver deslizamento a qualquer momento. Equipes do governo trabalharam na retirada das famílias prejudicadas, como medida preventiva e estão tomando as medidas necessárias.
















Jesus está vivo!! Eu falei com ele hoje!!

"Por que procuram entre os mortos Aquele que VIVE?"

Cristo ressuscitou como havia prometido, depois de ter passado por tamanho sofrimento sendo crucificado, revive gloriosamente, vence a morte e mostra-Se ressuscitado aos demais que O viram ser morto.
Será que Cristo apareceu a mais alguém após a sua morte? 
Há muito testemunho bíblico das aparições de indivíduos diferentes após a sua ressurreição. Na realidade, as narrativas sobre a ressurreição listam cerca de 12 aparições diferentes de Cristo, começando com Maria Madalena e terminando com o apóstolo Paulo. Essas aparições não podiam ter sido alucinações, devido à variedade de situações e ao número de pessoas envolvidas - não existe tal coisa como uma "alucinação em grupo". Além disso, essas aparições foram de natureza física e tangível, como evidenciado pelas ações de Cristo (por exemplo, comer com os discípulos e sugerir que eles tocassem sua face e mãos). Seu corpo ressurreto, apesar de imortal, foi sem dúvida um…

Alegra-te com a mulher da tua mocidade.

20 ANOS CEGO!!  Há muito tempo atrás, um casal de idosos que não tinha filhos, morava em uma
 casinha humilde de madeira, tinha uma vida muito tranquila, alegre, e ambos
 se amavam muito.Eram felizes. Até que um dia...Aconteceu um acidente com a senhora.
 Ela estava trabalhando em sua casa quando começa a pegar fogo na cozinha
e as chamas atingem todo o seu corpo.O esposo acorda assustado com os gritos e vai a sua
 procura, quando a vê coberta pelas chamas e
imediatamente tenta ajudá-la. O fogo também atinge seus braços e,
mesmo em chamas,
consegue apagar o fogo.
 Quando chegaram os bombeiros
 já não havia muito da casa,
 apenas uma parte, toda destruída.
 Levaram rapidamente o casal para o hospital mais próximo,
 onde foram internados em estado grave.
 Após algum tempo
 aquele senhor menos atingido pelo fogo
 saiu da UTI e foi ao encontro de sua amada.
Ainda em seu leito a senhora toda queimada,  pensava em não viver mais,
pois estava toda deformada,