Pular para o conteúdo principal

Crise dos Fundos de Previdência faz CODEAM assessorar municípios na busca por Compensação Previdenciária




O Tribunal de Contas e a Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE) vão constituir um grupo de trabalho para estudar o problema dos fundos próprios de previdência dos Municípios Pernambucanos e propor soluções.

O acerto foi feito pelos presidentes dos dois órgãos, a conselheira Teresa Duere e o prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, respectivamente. Duere explicou ao presidente da AMUPE que os fundos próprios de previdência constituem uma "bomba relógio" em poder das prefeituras porque dos 143 municípios que aderiram a essa sistemática, apenas 3% se encontram superavitários.

Para auxiliar os municípios do Agreste Meridional, que em ampla maioria, atravessam problemas com os seus Institutos próprios de Previdência, a Comissão de Desenvolvimento do Agreste Meridional (CODEAM) vem trabalhando junto aos Prefeitos na busca de sensibiliza-los quanto à busca pela Compensação Previdenciária.

Trata-se de um acerto de contas entre o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e os Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS). Ao instituírem o RPPS, os municípios geram o direito de se compensar financeiramente com o RGPS, uma vez que servidores eram segurados do RGPS e, portanto, contribuíram por algum tempo com aquele regime. Por essa razão, os RPPS, ficam responsáveis pelo pagamento integral dos benefícios de aposentadoria e, posteriormente, das pensões por morte dela decorrentes e também se tornam titulares do direito de se compensar com o RGPS relativamente aos períodos de contribuição a ele vertidos.

De acordo com o secretário executivo da CODEAM, Eudson Catão, que trabalha diretamente nesse processo, o trâmite para acontecer a Compensação Previdenciária está baseado em três eixos. “Fluxo Atrasado é aquele pagamento efetuado à vista, sendo a prescrição realizada em cinco anos. O Fluxo Mensal é o pagamento feito pelo INSS ao ente federativo. E o Estoque, que são valores retidos no INSS para posterior encontro de contas entre o órgão e o Regime Próprio de Previdência”, esclarece Catão. 

Ainda de acordo com colocações efetuadas por Eudson durante reunião de Prefeitos, realizada nesta quinta-feira, dia 25, em Lajedo, o município de Garanhuns já vem tratando dessa questão através de uma empresa indicada pela CODEAM e, inclusive, jávem recebendo recursos oriundos da compensação previdenciária.



Quem tem direito à Compensação Previdenciária?. Saiba mais...



Têm direito de receber a compensação previdenciária aqueles Regimes Próprios de Previdência Social e Municípios que custeiam o pagamento de benefícios de aposentadoria ou pensão dela decorrente, relativamente a servidores que utilizaram, para sua aposentadoria, tempo de contribuição vertido ao RGPS, não importando que se refiram a tempo exercido na administração pública municipal ou na iniciativa privada. Ressalta-se que também tem direito o Município atualmente vinculado ao RGPS que se enquadre na situação anterior.

A compensação previdenciária é aplicada tanto aos benefícios de aposentadoria e pensões dela decorrentes, concedidos aos servidores titulares de cargos efetivos (art. 40 da Constituição Federal/1988), quanto aos estáveis (art. 19 Atos das Disposições Constitucionais Transitórias – ADCT). Contudo, somente se concedidos a partir de 5 de outubro de 1988 e desde que em manutenção em 6 de maio de 1999. Vale lembrar, mais uma vez, que esse direito é válido somente para aqueles Municípios, cujos aposentados, quando servidores ativos ou trabalhadores da iniciativa privada, tenham contribuído para o RGPS.

O Município que não buscar o recurso da compensação previdenciária incorrerá na perda do prazo que prescreve em 5 anos, conforme fixado no art. 1o do Decreto no 20.910/1932, regulamentado pela Portaria MPS no 98, de 6 de março de 2007. Isso significa que, quanto maior a demora para solicitar a compensação das aposentadorias e das pensões por morte concedida mais antigas, menor será o valor recebido. O requerimento de compensação previdenciária deve ser processado no Sistema Comprev, para que seja interrompida esta contagem do prazo prescricional. Após esse procedimento, ficará no aguardo apenas deste registro para que possa vincular ao processo a ser analisado, aprovado e liberado o recurso sem qualquer prejuízo ao Município.

FONTE:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Risco de deslizamento e interdição de Ruas em Palmeirina-PE

Palmeirina está em estado de alerta devido às intensas chuvas que ocorrem na região desde o mês de maio. A Rua Frei Caneca foi a mais afetada, sendo obrigatoriamente interditada e desocupada pela Defesa Civil do estado no intuito de preservar a integridade física dos moradores. A prefeitura da cidade está monitorando os pontos mais críticos e tomando as devidas providências junto àCodecipe – Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco, Corpo de Bombeiros e a equipe do Governo Municipal, várias casas estão danificadas e já houve caso de queda de uma das residências. O prefeito da cidade, Marcelo Neves, tranquilizou a população e pediu para que fiquem atentos, o solo da área afetada de acordo ao engenheiro do governo municipal e a Codecipe está totalmente solto podendo haver deslizamento a qualquer momento. Equipes do governo trabalharam na retirada das famílias prejudicadas, como medida preventiva e estão tomando as medidas necessárias.
















Jesus está vivo!! Eu falei com ele hoje!!

"Por que procuram entre os mortos Aquele que VIVE?"

Cristo ressuscitou como havia prometido, depois de ter passado por tamanho sofrimento sendo crucificado, revive gloriosamente, vence a morte e mostra-Se ressuscitado aos demais que O viram ser morto.
Será que Cristo apareceu a mais alguém após a sua morte? 
Há muito testemunho bíblico das aparições de indivíduos diferentes após a sua ressurreição. Na realidade, as narrativas sobre a ressurreição listam cerca de 12 aparições diferentes de Cristo, começando com Maria Madalena e terminando com o apóstolo Paulo. Essas aparições não podiam ter sido alucinações, devido à variedade de situações e ao número de pessoas envolvidas - não existe tal coisa como uma "alucinação em grupo". Além disso, essas aparições foram de natureza física e tangível, como evidenciado pelas ações de Cristo (por exemplo, comer com os discípulos e sugerir que eles tocassem sua face e mãos). Seu corpo ressurreto, apesar de imortal, foi sem dúvida um…

Alegra-te com a mulher da tua mocidade.

20 ANOS CEGO!!  Há muito tempo atrás, um casal de idosos que não tinha filhos, morava em uma
 casinha humilde de madeira, tinha uma vida muito tranquila, alegre, e ambos
 se amavam muito.Eram felizes. Até que um dia...Aconteceu um acidente com a senhora.
 Ela estava trabalhando em sua casa quando começa a pegar fogo na cozinha
e as chamas atingem todo o seu corpo.O esposo acorda assustado com os gritos e vai a sua
 procura, quando a vê coberta pelas chamas e
imediatamente tenta ajudá-la. O fogo também atinge seus braços e,
mesmo em chamas,
consegue apagar o fogo.
 Quando chegaram os bombeiros
 já não havia muito da casa,
 apenas uma parte, toda destruída.
 Levaram rapidamente o casal para o hospital mais próximo,
 onde foram internados em estado grave.
 Após algum tempo
 aquele senhor menos atingido pelo fogo
 saiu da UTI e foi ao encontro de sua amada.
Ainda em seu leito a senhora toda queimada,  pensava em não viver mais,
pois estava toda deformada,