Pular para o conteúdo principal

Nepotismo.

A Proibição do Nepotismo na Administração Pública

Nepotismo (do latim neposneto ou descendente) é o termo utilizado para designar o favorecimento de parentes (ou amigos próximos) em detrimento de pessoas mais qualificadas, especialmente no que diz respeito à nomeação ou elevação de cargos.

A nomeação de parentes para ocupar cargos na Administração Pública, prática conhecida como nepotismo, sempre esteve presente na política nacional. Com a promulgação da Constituição Federal de 1988, esta conduta revela-se incompatível com o ordenamento jurídico pátrio, pois, através dos princípios da impessoalidade, moralidade, eficiência e isonomia, evitam que o funcionalismo público seja tomado por aqueles que possuem parentesco com o governante, em detrimento de pessoas com melhor capacidade técnica para o desempenho das atividades.

Além da força normativa dos princípios constitucionais, temos a previsão do Estatuto dos Servidores da União, Lei nº. 8.112/90, que em seu art. 117, inciso VIII, proíbe o servidor de manter sob sua chefia imediata, em cargo ou função de confiança, cônjuge, companheiro ou parente até o segundo grau civil. No Poder Executivo Federal, dispõe sobre a vedação do nepotismo o Decreto nº 7.203, de 04/06/2010. No âmbito do Poder Judiciário, foram editadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a Resolução nº7 (18/10/2005), alterada pelas Resoluções nº9 (06/12/2005) e nº 21 (29/08/2006). Também para o Ministério Público, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) publicou as Resoluções de nº 1 (04/11/2005), nº 7 (14/04/2006) e nº 21 (19/06/2007). Conforme as lições de Fernanda Marinela,


“Esses diplomas proíbem a presença de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive dos respectivos membros ou juízes vinculados ao tribunal, assim como de qualquer servidor ocupante de cargo de direção ou assessoramento, para exercer cargo em comissão ou função de confiança, para as contratações temporárias e para as contratações diretas com dispensa ou inexigibilidade de licitação em que o parentesco exista entre os sócios, gerentes ou diretores da pessoa jurídica.” (Curso de Direito Administrativo, 5ª ed., pg. 65.)

“A nomeação de cônjuge, companheiro, ou parente, em linha reta, colateral ou por afinidade, até o 3º grau inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica, investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança, ou, ainda, de função gratificada na Administração Pública direta ou indireta, em qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal.“

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Risco de deslizamento e interdição de Ruas em Palmeirina-PE

Palmeirina está em estado de alerta devido às intensas chuvas que ocorrem na região desde o mês de maio. A Rua Frei Caneca foi a mais afetada, sendo obrigatoriamente interditada e desocupada pela Defesa Civil do estado no intuito de preservar a integridade física dos moradores. A prefeitura da cidade está monitorando os pontos mais críticos e tomando as devidas providências junto àCodecipe – Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco, Corpo de Bombeiros e a equipe do Governo Municipal, várias casas estão danificadas e já houve caso de queda de uma das residências. O prefeito da cidade, Marcelo Neves, tranquilizou a população e pediu para que fiquem atentos, o solo da área afetada de acordo ao engenheiro do governo municipal e a Codecipe está totalmente solto podendo haver deslizamento a qualquer momento. Equipes do governo trabalharam na retirada das famílias prejudicadas, como medida preventiva e estão tomando as medidas necessárias.
















8 de março Dia Internacional da Mulher!!!

Homenagear é preciso.....



PREDNISONA E CORTICOIDES

(Efeitos colaterais dos corticoides)

Sou uma vítima dessa medicação, os efeitos estéticos dos corticoides são os que mais incomodam os pacientes, principalmente as mulheres. Cerca de metade dos indivíduos que usam, pelo menos, 20 mg diários de prednisona, ou dose equivalente de qualquer outro corticoide, por três ou mais meses irão apresentar efeitos colaterais estéticos.Eu fiz uso por mais de 2 anos.
Um sinal típico da toxicidade pelos corticoide é o desenvolvimento da aparência “cushingóide”, que se caracteriza por uma face arredondada (chamada de fácies em lua), pelo acúmulo de gordura na região posterior do pescoço e das costas (chamado de corcova ou giba de búfalo) e pela distribuição irregular da gordura corporal, com predomínio na região abdominal e tronco. Este efeito colateral é um dos mais incômodos, pois ele muda muito a aparência do paciente, principalmente nas pessoas que eram previamente magras. A síndrome de Cushing surge, habitualmente, dentro dos 2 primeiros meses de tr…